apresenta sessão de seu filme "Lacrimosa" no forumdoc

Aloysio Raulino apresenta sessão de seu filme “Lacrimosa” no forumdoc

Vídeo por Bruno Vasconcelos.

Aloysio Raulino faz parte da nossa história. Desde 2005, foi presença constante no forumdoc.bh, como convidado especial, participando do júri, exibindo filmes, comentando sessões, brindando conosco madrugadas afora. Para a edição deste ano do festival, já havia sido programada a retrospectiva integral de seus filmes. Vai estar sempre em nossa memória. Raulino trabalhou como diretor de fotografia em filmes produzidos ou co-produzidos pela Filmes de Quintal , como “Agosto de minha gente” (2007), dirigido por Ruben Caixeta, e “Os residentes” (2010), dirigido por Tiago Mata Machado. Deixa uma obra preciosa para a cinematografia nacional – além de seus próprios filmes, como “Lacrimosa” (1970) e “Noites Paraguayas” (1982), fotografou, dentre muitos outros títulos, “Serras da Desordem” (2006), de Andrea Tonacci, e “O Prisioneiro da grade de ferro” (2004), de Paulo Sacramento. Deixa impresso nos filmes seu gesto político. Seu talento e atitude perante o cinema sempre nos despertou admiração e respeito. Foi um mestre e um amigo e deixará muita saudade.

One Comments

  • Alice Duarte 26 / 04 / 2013

    Grande cineasta mas, sobretudo, magnífica figura humana. Destemido e solidário,mas, por sempre ter sido muito discreto, pouca gente sabe de sua contribuição na luta contra a ditadura militar e por liberdades democráticas em nosso país. Aloysio, jovem e muito corajoso, foi responsável pela locomoção e moradia clandestina de vários dirigentes perseguidos do PCB, Partido Comunista Brasileiro, entre eles, e especialmente, Salomão Malina, companheiro já falecido, que foi herói na luta da FEB na Itália contra o nazi-fascismo, ferozmente perseguido pela repressão nos “anos de chumbo” e, após a anistia, sucessor de Giocondo Dias como Secretário-Geral do PCB. Era Aloysio quem “tomava conta” e acompanhava Malina na clandestinidade.

Deixe uma resposta