TEM QUILOMBO NA CIDADE – MANZO NGUNZO KAIANGO (2017)

Brasil | Cor | 21 min
Rating: /10
  • diretor / director Aléxia Melo, Bruno Vasconcelos
  • fotografia cinematography Aléxia Melo
  • som sound Leonardo Rosse
  • montagem editing Bruno Vasconcelos
  • produção production Fernanda de Oliveira/ CAMPO
  • contato contact fernanddaoliveira@gmail.com

Sinopse / Synopsis

Manzo Ngunzo Kaiango (Casa da Força de  Kaiango) é um quilombo terreiro, território sagrado de umbanda e de candomblé angola, que fortalece sua comunidade apesar da cidade que avança de forma daninha contra o seu modo de vida e sua territorialidade. Pai Benedito, guia preto velho da sacerdotisa Mametu Muiandê, guia a resistência contra-diaspórica. O filme compõe o processo de registro dos Quilombos como patrimônio cultural imaterial de Belo Horizonte.

Manzo Ngunzo Kaiango (House of the Kaiango Force) is a sacred territory of Umbanda and Angola Candomblé. It holds together its community despite the harmful advances of the city against their way of life and territoriality. Father Benedito, the Preto Velho who guides the priestess Mametu Muiande, leads their counter-diasporic resistance. The film is part of an endeavor to register Quilombos as intangible cultural heritage in the city of Belo Horizonte.

 

x