forumdoc.bh.2021

debates

Manifestação online pela vida dos povos isolados e pela floresta

20 de nov, das 18h às 22h30 | Canal do YouTube do forumdoc.bh

Entre dezembro de 2018 e outubro de 2019, a Base Ituí-Itaquaí da Frente de Proteção Etnoambiental Vale do Javari (FPEVJ) foi atacada oito vezes a tiros por invasores. Em 6 de setembro de 2019, o servidor da Funai Maxciel Pereira dos Santos foi assassinado a tiros em Tabatinga (AM), possivelmente em retaliação a ações de fiscalização que vinham sendo realizadas pelo órgão para coibir atividades ilegais na TI Vale do Javari.

No dia 09 de outubro de 2020, o indigenista Rieli Franciscato foi atingido no coração por uma flecha lançada por indígenas isolados que miravam nos invasores mas, tragicamente, acertaram no defensor de seus territórios em Rondônia. Rieli faleceu logo em seguida. Reconhecido como um dos maiores indigenistas do país, Rieli era coordenador da Frente de Proteção Etnoambiental Uru-Eu-Wau-Wau (FPEUEWW) da Funai, e dedicou 30 anos de sua vida aos povos isolados!

No dia 16 de 2021, faleceu de Covid-19 Karapiru, ele mesmo sobrevivente de um massacre cometido por invasores da terra de seu povo, os Awá-Guajá do Maranhão. Karapiru tinha se tornado conhecido pela sua doçura e alegria contagiantes por meio de Serras da desordem, filme que conta sua saga de fuga dos “exterminadores dos índios” e do futuro.

Estas perdas foram brutais demais para os povos indígenas e para o indigenismo. São simbólicas (des)norteantes para os tempos que estamos vivendo, nos quais, indigenistas e indígenas são ameaçados de todos os lados e o tempo todo: seja pelas frentes de colonização, seja pelo próprio Estado brasileiro que, no lugar de cumprir sua missão constitucional de proteção ao direito do índio, desmantela os órgãos responsáveis pela execução da política pública, coloca o emprego e a vida daqueles que são os mais vulneráveis em risco.

Neste dia, convocaremos os re-existentes (indigenistas e indígenas), por meio de uma manifestação online e mediada pelas imagens. Alguns, estarão presentes apenas nos filmes, como “Tanuru”, o “índio do buraco”, ou Konibu, chefe Akuntsu falecido, vistos no filme Corumbiara; ou Karapiru Awá-Guajá, também falecido, visto no filme Serras da desordem, ou os dois homens Piripkura, que insistem em viver livremente, “isolados”. Todos eles são, para nós, como vagalumes, cujo brilho intermitente nos guia nas trevas políticas de nosso tempo (atiçando-nos a crença de que um outro mundo é possível), inversamente aos “projetores ferozes” e às luzes cegantes do progresso capitalista, como escreveu o filósofo Didi-Huberman.

Outros virão nos falar online, em modo síncrono ou gravado. Por meio destes testemunhos, comporemos um panorama da situação atual dos povos isolados e das principais ameaças que se abatem sobre seus territórios e suas próprias vidas: as invasões de madeireiros, garimpeiros, pecuaristas, proselitistas religiosos, estradas, linhas de transmissão, cadastros ambientais rurais.

Com participação confirmada de:

Angela Kaxuyana
Coordenação executiva COIAB (Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira)

Antenor Vaz
Integrante do Grupo de Trabalho Internacional PIACI (Proteção dos Povos Indígenas em Isolamento e Contato Inicial)/Land is Life

Beatriz Matos
Integrante do OPI (Observatório dos Direitos Humanos dos Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato)

Beto Marubo
Integrante da UNIVAJA (União dos Povos Indígenas do Vale do Javari)/AM

Daniel Aristizábal
Coordinador Proceso PIACI y Bajo Amazonas/ACT (Amazon Conservation Team) Colombia

Elias Bigio
Integrante do Conselho Diretor da OPAN (Operação Amazônia Nativa)

Flay Guajajara
Coordenador de comunicação na TI Araribóia/Maranhão

Ivaneide Bandeia Cardoso (Neidinha)
Coordenadora na ONG Kanindé/RO

Kamutaja Silva Ãwa
Indígena do Povo Ãwa (Avá-Canoeiro)

Leonardo Lenin
Integrante do OPI (Observatório dos Direitos Humanos dos Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato)

Marcela Borela
Cineasta e Jornalista

Marcelo Santos
Indigenista aposentado Funai

Mateus Manchineri
Integrante do Grupo de Monitoramento Mnaxineru, na TI Mamoadade/Acre e fronteira Brasil/Peru

Maurício Yekuana
Integrante da (HAY) Hutukara Associação Yanomami

Vincent Carelli
Cineasta e indigenista

Wellington Figueiredo
Indigenista aposentado Funai

Idealizadores e colaboradores da manifestação:

Alana Keline Costa Silva Manchineri
Gerência de comunicação COIAB (Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira)

Angela Kaxuyana
Coordenadora da COIAB

Antenor Vaz
Integrante do Grupo de Trabalho Internacional pela Proteção dos Povos Indígenas em Isolamento e Contato Inicial – GTI PIACI / Land is Life

Beatriz Matos
Professora na Universidade Federal do Pará (UFPA), integrante do Observatório dos Direitos Humanos dos Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato (OPI)

Elias Bigio
Integrante do conselho diretor da Operação Amazônia Nativa (OPAN)

Junia Torres
Integrante do forumdoc.bh

Luciano Pohl
Assessor técnico na gerência de povos isolados e recente contato da COIAB

Luisa Lanna
Integrante do forumdoc.bh

Maria Emília Coelho
Conselheira na Comissão Pró Índio (CPI)- ACRE, assessora técnica na COIAB

Renata Otto
Integrante do forumdoc.bh

Ruben Caixeta
Professor na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)