forumdoc.bh.2021

Olhos de Erê

Brasil/Minas Gerais11'2020cor

Olhos de Erê

Exibição online de

18 de nov a 3 de dez

direção (director):

Luan Manzo

fotografia (cinematography):

Lucas Campolina

edição (editing):

Luan Manzo

som (sound):

Luan Manzo

produção (production):

Quilombo Manzo N’gunzo Kaiango e Bruno Vasconcelos

roteiro (script):

Luan Manzo

empresa produtora (production company):

Quilombo Manzo N'gunzo Kaiango - Edukação de Kilombu; Guanambi Audiovisões

contato (contact):

edukakilombu@gmail.com

L

Luan Manzo tem seis anos e é bisneto da matriarca Mametu Muiande do Quilombo Manzo N’gunzo Kaiango, um dos quilombos reconhecidos pela cidade de Belo Horizonte. Fundado em 1970 por um preto velho, pai Benedito, Manzo é palácio de rei, governado por uma rainha. Ali germinam sementes e crianças, num processo educativo - a afrobetização - que afirma a organização, o coletivo, a ancestralidade e a circularidade do povo negro. As crianças no quilombo crescem sabendo-se respeitadas, e por isso Luan percorre aqui o espaço sagrado, descrevendo-o a nós com segurança, conhecimento, rigor e frescor infantil. É ele quem, com um celular em mãos, propõe este filme

Eyes of Erê

Luan Manzo is six years old and is the great-grandson of Mametu Muiande, matriarch of the Manzo N’gunzo Kaiango Quilombo, one of the quilombos acknowledged by the city of Belo Horizonte. Established in 1970 by a preto velho (ancient black man), father Benedito, Manzo is a king’s palace, ruled by a queen. There, seeds and children are sprouted in an education process – the afroliteracy – that affirms the organization, the collective, the ancestry, and the circularity of the black people. At the quilombo, children grow up knowing they are respected. That is why here at Manzo, Luan moves along the sacred space, describing it to us with confidence, knowledge, rigor, and infantile freshness. It is he who, with a cellphone in his hands, offers us this film.

Mostra