forumdoc.bh.2021

Desaparecimento e Reaparecimento dos Povos e das Imagens – 35 anos de VNA e 25 anos de forumdoc.bh

Crédito da imagem: Aceita?, série fotográfica realizada desde 2014 pelo artista visual Moisés Patrício

Há 35 anos era criado o projeto Vídeo nas Aldeias (VNA), quando se divulga o filme A Festa da Moça (1987, Vincent Carelli) que, junto aos fundamentais A Arca dos Zo'é (1993, Vincent Carelli e Dominique Gallois) e Eu já fui seu Irmão (1993, Vincent Carelli) serão exibidos nesta mostra que reúne nove títulos emblemáticos da trajetória do VNA, projeto que se coloca como questão central "apoiar as lutas dos povos indígenas para fortalecer suas identidades e seus patrimônios territoriais e culturais", sendo desde o início, portanto, uma ação que alia indigenismo, política indígena e produção audiovisual compartilhada.

Junto aos filmes, apresentaremos uma video-instalação com seis sequências inéditas –  em torno de 60 minutos cada – filmadas na década de 1990, na sua maior parte por Vincent Carelli, entre os povos Akuntsu, Kanoê, Wajãpi, Yanomami, Krahô, Gavião, Xavante e Kaiowá. Contando com a presença de Vincent Carelli, que deu vida a esse projeto e o mantém até os dias atuais, teremos dois encontros presenciais (com transmissão online) iluminados pela video-instalação e pelos filmes aqui exibidos. Comporão ainda a mostra o clássico Serras da Desordem (Andrea Tonacci, 2006), com projeções em 35mm, e o incontornável Piripkura (de Mariana Oliva, Renata Terra, Bruno Jorge, 2017, com o imprescindível Jair Candor), para marcar nosso posicionamento ao lado dos sobreviventes de incessantes massacres da neocolonização, que seguem assolando os povos indígenas no país.

Integra a mostra uma manifestação online pela vida dos povos isolados e pela floresta reunindo líderes indígenas e indigenistas, mediada por imagens técnicas (mapas, fotos e vídeos), em parte inéditas, que falam sobre a situação dos índios isolados e as estratégias para a sua proteção. 

Filmes